Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cupido porta-voz

Vai, minha saudade, diz a ele que sem ele
nao hà paz, amor nem alegria; vai e apele.
Voe num suspiro e na brisa mansa regresse
com meu amor na bagagem,milagre acontece!

Saiba que longe sem mim ele apenas vegeta,
mas se o pobre esqueceu a trilha perfeita,
gira mariposa-tonta,chora,na luz se deita.
Anda porta-voz,e te avia que estou aflita!

Dê-me um curto tempo para fazer um vestido
de acàcias desfolhadas em extrema frescura,
que me quero suave como pêssego distraido,
degustada como fosse as cordas de uma lira!

Quando a passarada acordar esta madrugada
serà chegada hora de partir,saudade danada,
mas nao se atreve vir apos o banho do luar,
que reservei uma vaga defronte para o mar!

Vai,saudade! vai trabalhar que terà férias
apos realizar tod'este meu sonho de acacias,
nao mais lhe incomodar sinceramente prometo,
cheio de amor sarà meu corpo e o pensamento!

Grenoble-Fr-05/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 05/05/2006
Código do texto: T150619
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:12)
Inês Marucci