Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0679 - Quadrinha




Meu único amor é último,
dou-te um pedaço a cada dia,
um encontro ou outro,
numa tarde que deixaste vazia.


Complete teu prazer,
junte-o ao meu,
convide-me a ser amante,
não por qualquer noite serei teu.


Leia meus lábios
com o beijo,
usa meus sonhos
traga os teus e misture ao desejo.


Não se contenha,
prove de tudo meu um pouco,
livre-se do mistério deste amor,
deixa-me ser teu, o louco.


Pensamentos voam
deste amor aqui falado,
somos um... do outro
que ama e é amado.


05/05/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 05/05/2006
Código do texto: T150680
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116241 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:55)
Caio Lucas