Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ferida

Tal punhal em coração pulsante
os "nãos" da vida cravam-se em meu peito
e a dor aguda, o palpitar sofrido
ferem-me e sangram por entre meu corpo.
Recolho gota a gota do que ainda resta
e em pequeno cálice, com cuidado e mágoa,
tento recolocá-lo na ferida aberta.
Ingenuamente procuro refazer
pedaço por pedaço o coração partido
e transformar a arma que feriu-me
em algo precioso que apenas quiz
abrir caminho, furiosamente,
para lançar à força, no fundo de mim mesma,
a esperança de ser feliz.
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Enviado por Maria Luiza de Monteiro Marinho em 06/05/2006
Reeditado em 07/05/2006
Código do texto: T151325

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
149 textos (4798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:31)
Maria Luiza de Monteiro Marinho