Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BELA PÉROLA NEGRA

Negra bela, pérola negra,
Que ilumina meu olhar e
Reflete em meu coração a paixão.
Coração esse que através
Dos meus olhos te chama.
E você nada.
Nada em minhas noites
Frias, sombrias, vazias.

Sou tímido.
Sou sereno ao cair da noite,
Sou águia que de cima te olha.
Sou seus olhos nos meus,
Sua boca em minha boca,
Sem lhe tocar.
Seu corpo em meu corpo,
Sem aproximarmo-nos.
E você nada.
Nada em meus desejos,
Ao nascer do anoitecer no entardecer.

Você é proibida.
Aliança, talvez, não sei.
Sei, se a mim quiser, terá.
Basta apenas um olhar,
Olhar esse seu que me
Chama, me clama, me inflama.
E você nada.
Nem se quer uma palavra.


Tássio Telles, Nazaré da Mata/PE, 17 de setembro de 2001.
 
Tássio Telles
Enviado por Tássio Telles em 07/05/2006
Código do texto: T151744

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tássio Telles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tássio Telles
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 36 anos
55 textos (1705 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:35)
Tássio Telles