Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Juntos

Ver-te causou-me desgosto
ao saber que, sem mais nem menos,
esqueceste tua doçura
e teus anseios.
Por que desististe dos sonhos
se não eram só teus ?
Dividimos passeios nas nuvens,
corremos juntos atrás de borboletas,
pisamos os mesmos caminhos de pedras
e, de mãos dadas,
sorrimos um para o outro,
para todos e para ninguém,
achando graça da chuva
e apontando para beija-flores.
Comemos moranjos frescos
repartimos o pão como ceia
e tomamos vinho da mesma taça.
Escrevemos nossos nomes nos troncos
de árvores que nós mesmos plantamos
e vimos florecer as margaridas
do jardim que semeamos.
Contruímos uma história de amor
com encontros e desencontros
mas sempre em completa paixão e,
agora, perdes parte de mim,
ao desistir de você.
Não me deixe morrer
já que sou a outra metade de teu querer
e minha alma precisa da tua
para , juntas, me fazerem sobreviver
na lembrança do que foi
e esperança do que poderá ,
mais um vez tornar a ser.

Maria Luiza de Monteiro Marinho
Enviado por Maria Luiza de Monteiro Marinho em 07/05/2006
Código do texto: T151834

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
149 textos (4798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:07)
Maria Luiza de Monteiro Marinho