Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEU PÁSSARO AMADO



Vou andando – e nada vejo
Apenas vislumbro teu desejo
Vou correndo – e nada sonho
Apenas respiro o ar
Que sai de tuas narinas
E adentra meu corpo inteiro
Como que querendo
Unir-se ao teu lampejo

Vou caminhando – e nada consigo
A não ser tocar-te as mãos delicadas
E acariciar sem medo
A sombra dos teus cabelos
Para afogar-me no halo dourado
E derreter-me como cristal de gelo
No sol que brilha de ti
E me envolve em luzes serenas
Para que eu nunca me perca em teus raios
E me esconda na sombra
De teu ninho – como um passarinho

Que, do ovo da sabedoria,
Nasce como teu pássaro amado
Até voarmos juntos e unidos
Numa longa jornada de um dia
Ainda que por toda eterna vida
De uma eternidade que nunca dura
E um tempo que nunca se apaga
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Enviado por Pedro Ernesto Prosa e Verso em 07/05/2006
Código do texto: T151909
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Fortaleza - Ceará - Brasil
439 textos (8782 leituras)
1 e-livros (6 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:42)
Pedro Ernesto Prosa e Verso

Site do Escritor