Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUASE SEMPRE

Quase sempre me pergunto
Até onde esse amor pode me levar
Mas falta coragem, que absurdo!
De saber o que meu coração me dirá.


Tenho receio quase sempre,
De estar amando em vão
E de saber, de repente,
Que esse amor está na contramão.


Aí, não sei se escolho
Algum atalho para caminhar
E quase sempre fecho meus olhos
Com medo de errar...


Na dúvida, prefiro não arriscar,
E continuar com a doce ilusão,
De que vale à pena amar
E que sou amada com a mesma paixão!







Baby
Enviado por Baby em 08/05/2006
Código do texto: T152253
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21956 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:19)
Baby