Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ILUSÕES

ILUSÕES

Você não perdoa,
mas continuo teu,
à minha maneira,
como você diz.
Ter e não ter,
querer e não poder.
Enquanto me satisfaz o abstrato
você não consegue o prazer
na falta do concreto.
Na minha fábrica de ilusões
eu posso tudo,
construo a realização dos meus desejos,
eu vivo o que tenho
e aqui eu tenho você.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 09/05/2006
Código do texto: T152976

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:11)
Mario Rezende