Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0683 - Momentos




Preciso parar minha vida neste momento,
abrigar meus sonhos, ir até seu céu azul,
não sei como encontra-la neste instante,
espero em qualquer lugar, uma casa amarela talvez.

 
Tenho momentos de saudade que machucam,
sei do seu amor, do carinho que guardou pra mim,
traz o corpo que me deixa louco,
preciso juntar tudo nosso, vem viajar com meu amor.


Neste momento busco o beijo que me foi prometido,
o abraço que falta ao redor da minha vida,
deixo as distancias, esqueço a largura das ruas,
insisto em sua presença, na felicidade, na paixão.


Hoje não quero ser justo, preciso gritar meu amor,
desenho seu retrato na beirada da lua cheia,
não dou afeto por um momento apenas,
quero ficar contigo, dar carícias, amar, amar de verdade.


Vamos andar de mãos dadas deste louco sonho,
fazer meu momento de felicidade ao seu lado, hoje,
amanhã, depois, quero sorrir sem medo de perde-la,
então vem, diz que não vai mais voltar, fique...


É o momento de fechar as portas dos sonhos,
vou a caminho da realidade que tanto apregoei,
fico com os momentos gravados, como eu desejei um dia,
não é justo se nada acontecer, quero, te quero e vou busca-la.


Este é o momento do vôo, a busca cessa no seu coração,
não estou mais a procura, quero tê-la agora e depois,
deixe-me ser voluntário na paixão que te faz feliz,
amar, é assim que te quero, amante é como me dou a você.


09/05/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 09/05/2006
Código do texto: T153007
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116253 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:27)
Caio Lucas