Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECUSA

o vento frio da saudade bate em meu rosto
a lâmina gelada do punhal da solidão
dilacera meu peito frágil e sofrido
vou a procura do que perdi e jamais encontrarei
o momento da , não foi o melhor
a demora em responder,fez com que você se questionasse
teu medo criou alguém e mascarou nosso amor
não devo iludir-me
justamente ao falar algo que me judiava
sofro hoje por ti,guria
negaste tua mão, o não valeu mais que todas as palavras
ditas e escritas
mergulhei de cabeça e não encontrei luz
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 09/05/2006
Código do texto: T153232
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:30)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES