Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0685 - Na minha noite




É noite o dia todo quando você não vem,
a vida pára no meio da rua,
ouço gritos, olho e nada ao meu redor,
não espere que vire a próxima esquina,
não demore, fica tarde quando me amar.

 
Voltarei escrever minhas madrugadas,
uma taça de água mineral, um cigarro,
nossa história marcada em papel comum,
as mãos a procura do seu rosto, a boca,
falta emoção como noutro amanhecer.


Estou cansado, acredito e espero a noite,
falta o sem limite na sua paixão,
quero a chance de enlouquece-la,
dou asas, dou o vento, dou a pressa do sonho,
corra, não cancele o amor nem por um segundo.


Não deixa perder esta gostosa loucura,
quero a mulher aqui do lado quando sonhar,
até onde quiser eu vou, pode abusar,
preciso tingi-la com as minhas cores,
revela, grita que ama e deita na minha noite.


10/05/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 10/05/2006
Código do texto: T153747
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:35)
Caio Lucas