Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corre o tempo
E o que é o tempo, senão
Governante de toda existência
Soberano amor complacente
Que me amolda na tua inocência

Meu coração te procura

Esteja em que orbe estiver
Falo de amor com loucura
Entrego meu mundo ao teu mundo
E seja o que Deus quiser

Mesmo em mil anos de espera
Sou de ti
 Eterno companheiro

Preso, acuado e sofrido
Tal qual fera em cativeiro

Vem, não me maltratas tanto assim
Não faz de mim
Só um momento
Pois, eu sou teu sempre, para sempre
Sou a sombra do teu caminhar

O teu Karma
E a tua agonia
Príncipe dos erros
Mas nem tanto
Pois tu és princesa do meu pranto

Vai partir
E levarás o sonho meu
E quando aqui retornares
Não tardará
Em me encontrar

Se mudares
Mudarei meu eu também
E se ainda me amares
Te amarei
Como a ninguém
O Guardião
Enviado por O Guardião em 11/05/2006
Reeditado em 17/06/2008
Código do texto: T154308
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34441 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:51)
O Guardião