Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Baldado degredo

Nesses tantos dias e meses,
que sozinho tristemente
percorri, por eu não estar
preparado, infelizmente,

tentei apagar-te de todos
os meus tantos pensamentos...
...me afastei dos olhos teus...
...Na distancia, um vil tormento

me invadiu e me machucou...
Agora vi-te novamente,
o coração acelerou
e tu não sai de minha mente...

Nesses tantos dias e meses,
tão vazios e tão tristes,
pela primeira vez eu
sinto que a alegria ainda existe...
Poeta Devaneador
Enviado por Poeta Devaneador em 11/05/2006
Código do texto: T154468

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (cite Itamar Eduardo Gonçalves de Oliveira e eduardogoncalves@hotmail.fr) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Devaneador
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 29 anos
82 textos (3896 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 15:01)
Poeta Devaneador