Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se nas marcas do destino
Escrevi teu nome
Se nas lágrimas que caem ao chão
Vejo a tua imagem se formar
E em cada amanhecer
Você brilhar

Como te esquecer?
Se em cada gesto você me cativou
Em cada palavra me enfeitiçou
E é chegada a hora, de dizer que eu
Perdido e apaixonado
Invado o sonho teu

E falo sussurrando ao teu ouvido
Lamúrias de um coração sofrido

Como te esquecer?
Se és a fera, que Eu devo domar
E a linda flor
Que ao ser colhida
Não tardará desabrochar

Vista em ti então
Meu sentimento
Faz acalentar meu sofrimento
E vira dona
Do meu coração

Como te esquecer então?
O Guardião
Enviado por O Guardião em 12/05/2006
Reeditado em 17/06/2008
Código do texto: T154664
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34441 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:38)
O Guardião