Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A HORA DA DESPEDIDA


Jorge Linhaça
Goiânia, 30/01/2006
 
No estacionamento do aeroporto
deixei minha alma, partiu o corpo
Ficou para trás o meu coração
mas pus fim a meses de solidão
 
Os beijos falaram o que bocas calaram
as bocas falaram de amor e saudade
de duas almas que se encontraram
mas que enfrentaram adversidades
 
Nos dia que passamos juntos
o sentimento pleno até que oscilou
mas em meio a difíceis assuntos
No fim foi nosso amor quem ganhou
 
Ganhou em verdade e temperança
ganhou nas incertezas nova esperança
embora o resultado seja ficar distante
uniram-se as almas de dois amantes
 
Beijos trocados com intensidade
como a querer compensar a saudade
abraços silentes em harmonia
desejos de aplacar nossa agonia
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 13/05/2006
Código do texto: T155299
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711030 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:05)
Jorge Linhaça