Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração


Mais um pouco um instante
Ó quem dera se podesse
Sempre dizer o quanto te amo
Quero esquecer as dores

Só viver e contar os momentos
Felizes que vivemos
Há se eu podesse viver me declarando
Nunca me cansarei em dizer o quanto te amo

Quero fazer-lhe uma homenagem
Poder dançar uma valsa
Sentir seu perfume
Ó minha amada e querida

Falo deslizando no salão
O quanto sou feliz
Vejo o brilho do seu sorriso
O sussurrar da mais doce declaração, te amo
Andradep
Enviado por Andradep em 13/05/2006
Código do texto: T155654
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Andradep
Portugal
90 textos (4930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:19)
Andradep