Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da Arte de Ser Feliz

 
 
Vinha eu descendo a ladeira
apreciando as árvores e flores
e de repente encontrei um homem
que procurava ávido mil amores.
 
Percebi seu semblante pesado
perguntei p porquê da tristeza
Ele me olhou e disse que estava
cansado de amargar a vida.
 
Ah, bem respondi  é verdade
disto ninguem gosta
mas pense bem, meu amigo
se a vida não te amargar
como saberás que és feliz
quando a ventura chegar?
 
Ela? Disse ele estranhando.
Ela a ventura? perguntou de novo.
Sim, a felicidade, meu anjo,
aquela que todos nós procuramos e
nunca está onde supomos que esteja.

Já ouvi isso minha amiga,
mas também ouvi que as vezes está ao nosso lado
e não a enxergamos.
 
Sim meu doce amigo
às vezes não damos o devido valor, ou
até mesmo não encontramos respostas
que nos levem a considerar
que realmente somos felizes
do jeitinho como estamos.
 
Porisso mesmo, é que precisamos
da vida degustar o amargo, o fel
para que possamos discernir quando
a felicidade se coloca ao nosso alcance
ou apenas traduz um reflexo na água
e por nos acostumarmos tanto à miragem,
pensamos que  somos felizes
e nos contentamos com tudo,
e até choramos muito
se o espelho nos for arrancado.
 
Mas eis que de  repente
meu bom homem buscador,
chega um estrangeiro e nos acena
não com reflexos, mas com certezas,
com a concretude de sentimentos
e a materialização de lindos pensamentos.
 
E então meu caro amiguinho,
por termos chorado muito e
amargado longas horas de angústia,
conseguimos enxergar que
a felicidade encontra-se no bem querer,
na ternura e no carinho manifestados,
e não numa ilusão enganadora  e cômoda.
 
Mas então minha dileta amiga,
quando o passado amoroso foi uma miragem
o que reservará o futuro incerto?
 
Ah, meu lindo, para o futuro a esperança
de um novo horizonte a despontar a cada dia,
repleto de novas alegrias,
a fluir como as águas do rio
que nunca passam duas vezes no mesmo lugar.
 
Lá se foi o homem com seu livro debaixo do braço,
onde pude ler, enquanto conversava com ele, o seguinte título
 
"Da arte de ser feliz"
 
Santos, 23/02/06

 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 14/05/2006
Reeditado em 15/05/2006
Código do texto: T156266
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:54)
Guida Linhares

Site do Escritor