Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ANARQUISTA!

Não mais quero reticências trêmulas
Muito menos cultivar letras frias!
Carrego no peito a alegria plena
De ter sempre a sua companhia!

E nem ao menos preciso
Sentar-me em frente ao caderno
Para saber a poesia
Que emerge em versos ternos!

Tenho comigo a energia
De encontros, olhares, magia!
Tenho comigo a eterna fonte
De amor a qual me inspira!

Não quero denominações
Ao sentimento que nos liga!
Quero a heresia suprema
De um amar anarquista!


Santo André, 05.10.05 – 21:20 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 17/05/2006
Código do texto: T157489

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89722 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:55)
Enloucrescida