Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Almas e emoções

Quisera rabiscar versos em linhas tortas, no amarfanhado do coração, encontrar  a razão de minhas emoções.
Desatando os nos da própria existência, assimilando cada palavra passivamente, ao pé do ouvido.
Zelando para que nossas almas andem juntas, sendo instrumentos de nossas aspirações, tornado-se refém de nossos sentimentos.
Obra simples e clara dos desígnios do coração.
No entanto constatamos que mesmo em vidas paralelas, somos um só corpo, um só pulsar, uma só emoção.
Os versos perdem alegoria, na quietude da alma a vagar.
Nas armadilhas perigosas, vestígios de minh´ alma saudosa.
Murmurando lentamente, frases incompletas, no aconchego de teus braços, subiram aos céus em uma sonata.
Enfatizando todos os anseios, exaltando o amor na sua plenitude, extremamente doce, desfolhar-se aos poucos, feito pétalas de rosas, jogado ao mar.
 


Escrito
17.05.2006


Por Águida Hettwer
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 17/05/2006
Código do texto: T157884

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116400 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:39)
Águida Hettwer

Site do Escritor