Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero você de volta!

Sei que não dei pra você,
a atenção merecida, não dei
o carinho que você precisava.

Sei que nem dei, importância
aos seus sentimentos,
ouvia tudo que me dizias,
algumas vezes, os seus ciúmes,
em outras, os seus lamentos.

Sei que tens pelo poeta,
admiração profunda e pelo homem
um sentimento verdadeiro, um daqueles
em que a gente sofre calado e mesmo
com o peito doído, encontravas ainda,  uma palavra
de incentivo, gestos de carinhos, quando estavas comigo.

Como pude não ver?

Como pude não enxergar tanto brilho no seu olhar,
como pude não sentir, o amor guardado dentro de ti.

Por favor, pare com isso,
não me deixe aqui sozinho,
com desculpas de ter trabalhos a resolver,
será que a prefeitura de sua cidade,
é mais importante do que eu e você?

Sei que por uma vez,
e somente uma, menti.

Eu sei... Mas, sei também,
que ando sentindo sua falta,
e de repente, te procuro em um pensamento
meio ao trabalho que faço.

Fico lembrando do convite ao banho,
lembro-me da minha boca,
ainda molhada, ardida
e somente eu e você,
sabemos bem..
 Porque!
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 18/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T158377

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2587 textos (469674 leituras)
57 áudios (6063 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:18)
paulo cesar coelho

Site do Escritor