Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA OS CINQÜNTA ANOS DE VERÓ

- Para Maria Veronice da Fonseca Porto

O tempo tece a vida fio a fio,
sem pressa e sem recuo na memória.
Como o curso das águas, vão, em rio,
um para o mar, o outro para a história.

Quem venceu cinqüenta anos
e aprendeu a amar desde a infância
e soube amar e soube ser feliz,
criou filhos e os educa bem,
continua feliz,
por favor segure o leme com firmeza.
Mantenha a rota – o amor é essencial em todos os momentos da vida,
em todas as circunstâncias
- em tudo por tudo.

Depois dos cinqüenta a vida é mais difícil
e pesa mais,
e pede mais,
e dói mais,
cobra muito mais!
E a gente tem que responder a tudo isso do alto do leme!
Segura o leme, filha e sê, aliás, continua sempre e mais feliz,
ama com todas as forças do coração!
Ao chegar aos setenta aí é que endurece de verdade!
Mantém firme o comando, não tem medo!
Bem, alcançando os oitenta,
já não haverá problemas,
a vida é paz,
o mar tranqüilo, o céu azul sereno,
porque tudo que se havia de fazer foi feito
e a partir daí é só viver,
gozar ou contemplar a vida.

Parabéns, vamos em frente,
mãos firmes no leme!
Te amo, filha, te amo!

joaojustiniano#terra.com.br
joaojustiniano.net

João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 20/05/2006
Reeditado em 20/05/2006
Código do texto: T159690

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19608 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:29)
João Justiniano