Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




"ERA TANTA TERNURA"

Aquela lua amarela
que eu via da janela;
e aquela estrela...
que brilhava, que eu via;
nas serenatas, que eu fazia
para ela! Oh! Como era
lindo o horizonte...
naquela noite! Mais lindo
era o sorriso dela!
Igual a todas outras noites
que eu cantei na janela!
Eu lhe jogava uma flor
ela me retribuia...
com um beijo de amor,
ah! E o meu terno cantar
com as melodias que
eu fiz para te agradar...
e o meu pinho que tonava
noite afora, as cordas que
choravam, acompanhando
o meu cantar! Era tanta
ternura, igual estou tendo
agora, que pena! 
foi tanto amor jogado fora!
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 20/05/2006
Código do texto: T159707
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257163 leituras)
185 áudios (36329 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:35)
Antonio Hugo

Site do Escritor