Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS DE AMOR SEMENTE


Nadir Silveira Dias


São versos de amor semente
tudo isso que tenho feito
Ao andejar pela vida
carregando o meu tormento
Sorvendo o fel que não fiz,
tragando o que outro fez

Embora não seja certo
haver-se o que não se fez
Não me parece correto
expressar-se o que não se sente
Eu sou igual a você, sou gente,
sou armeiro, irmão e camarada

Sou gente que traz a vida
num semear aragano
Em busca da liberdade e de
um cantar soberano que
Faça resplandecer a velha
estirpe greco-romana que

Apresenta em sua origem
a arte, encanto e sabedoria
A Atenas de Péricles em
sua resplandecência ao espargir
Colunas e mais colunas para
templos e mais templos a

Perpetuar o tempo que
à época não tinha tempo
Senão o tempo de construir
Parteno Atenas – o Templo
Da deusa que deu nome à polis
- sobre o antigo Partenon...


São versos de amor somente
estas sementes que planto!

....................................


Escritor e Poeta - nadirsdias@yahoo.com.br
Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 20/05/2006
Reeditado em 20/05/2006
Código do texto: T159778
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1036 textos (153757 leituras)
4 e-livros (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:46)
Nadir Silveira Dias