Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo meu

Lá estava ele... Como um anjo
Seu rosto pálido
Seus lábios sem cor
Quase que transparentes

Em uma camisa desabotoada azul
Que esvoaçava com o vento
Confundindo com o azul do céu
Em uma tarde junto ao mar

As gaivotas revoavam
Em busca do seu alimento
Sem perceber que ali pairava
Um anjo a observá-las

Olhando-o ao longe
Via a magnitude angelical
De sua beleza indescritível
Resplandecer no horizonte

Vem anjo... Leva-me
Em um vôo ao infinito
Em suas asas acolhedoras
Para conhecermos o paraíso

Os anjos lá do alto entoarão
Uma canção silenciosa
Que somente nós
Poderemos ouvi-la

Homenageando o nosso amor
Suspira anjo meu... Suspira
Enquanto fazemos este vôo
Rumo ao infinito da felicidade

Entrelacemo-nos nesta magia
Deixe mo-nos contagiar
Por este amor que paira entre
Sonhos e delírios

Anjo meu tu és como uma fonte
Onde sacio todo o amor sentido
Tu és o portal aberto mantido
Tudo em ti é magia, sedução

Vem... Vamos juntos voar
Entre nuvens brancas planar
Descobrir o jardim do Éden
Para nele pernoitar

Eu em ti tu em mim
Assim, juntinhos avivaremos
Todos os nossos sentimentos
Amordaçando-os no peito

Então tudo estará perfeito
Nos dois nos amando
Você meu anjo acreditando

Que quando amamos
Em anjos nos tornamos
E pelo Universo voamos



ângela lugo
Enviado por ângela lugo em 21/05/2006
Reeditado em 11/06/2009
Código do texto: T160390

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ângela lugo
São Paulo - São Paulo - Brasil
127 textos (88427 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:28)
ângela lugo