Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR BANDIDO



Vem de mansinho
vou deixar aberta a porta.
Não faça nenhum ruído
quero ser surpreendida.

Entre como um bandido
sem ruido, sem luz,
tateias e explore meu corpo
nu a te esperar.
Ofegante
Arfante
Ardente.

Minhas mãos percorrem
teu corpo másculo,
rijo, e somos só desejo
eu sobre ti, cavalgo
e o mundo para por um instante.

Entre minhas pernas
sinto seu corpo, nu
beijos ardentes
seios intumescidos,
sem vergonha, apenas desejo
Prazer dividido.

Arranho suas costas
mordo seu pescoço,
gritas palavras, sem nexo.
Sexo
Amor
Luxuria.
Somos o amor em forma de paixão.
Luiza Porto
Enviado por Luiza Porto em 23/05/2006
Código do texto: T161467
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Porto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
468 textos (35407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:56)
Luiza Porto