Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dúvida


De repente senti que não sou mais eu
Não reconheço meus passos
Dos sonhos bonitos que se perdeu
Perdidos estão num compasso

Quem sabe eu consiga me reencontrar
Talvez, me reconhecer atrás dessa nova face
Com brumas de incertezas, solitárias
Queria que nesse momento desenlace

Que fosse logo, para não ser tarde
Recuperar meu jeito, minha estima
Deixar de ser só, de ser covarde
Viver novamente em simetria
Andreia Cristina Guadagnin
Enviado por Andreia Cristina Guadagnin em 23/05/2006
Reeditado em 24/05/2006
Código do texto: T161521
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andreia Cristina Guadagnin
Pariquera-Açu - São Paulo - Brasil, 40 anos
199 textos (20219 leituras)
2 e-livros (138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:48)
Andreia Cristina Guadagnin