Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esperança

Espero correr pelo campo,
sentar numa pedra negra
pintada a cal
e colher lírios para você.
Espero me molhar na chuva
até que ninguém perceba
se sou eu ou a chuva que anda.
Espero passear nas calçadas,
a olhar vitrines, distraída
pensando em ter um anel.
Espero entrar num buteco
beber um martine seco e doce,
cantar uma canção
e sair sorridente.
Espero ver um passarinho
que me lembre esperança.
Espero pertencer a gang maior
que domina a cidade
e que traz muito amor.
Espero dormir num hotel
bem distante,
num campo aberto,
cheio de girassóis
na janela branca.
Espero sonhar que tenho você
bem perto de mim
a me contar, quantas vezes
viu as estrelas cadentes.
Espero enfim, entrar num
labirinto cheio de portas
e descobrir com certeza,
a porta de saída.
Espero, espero, espero sim,
muita coisa da vida...
muita coida de mim...
muita coisa do mundo...
Marcia Barroca
Enviado por Marcia Barroca em 26/05/2006
Código do texto: T163212
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcia Barroca
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
109 textos (3479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:54)
Marcia Barroca