Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teus olhos lúcidos
Profundos,
Qual dardo dilacera
Fere fundo.

Teus lábios que a 
Loucura sacode
Desce à garganta,
Tomando o mar.

Teu peito, 
Onde a paixão
Invade a nascente
Deixando- me aos poucos... mergulhar.

Teus braços
Molduras em mim!
Meus flancos ...
ágeis...felinos

São muralhas invísiveis
Deleites de puro mel
Meus algozes
Minhas fraquezas
A mais louca razão!!!!
lisbella
Enviado por lisbella em 29/05/2006
Código do texto: T165476
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisbella
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 50 anos
345 textos (16837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:18)
lisbella