Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANGÚSTIA

OLHO A VIDRAÇA EMBAÇADA
DO OUTRO LADO, A RUA ESCURA E MOLHADA
PARECE TÃO TRISTE, ABANDONADA!
FECHO OS OLHOS POR UM INSTANTE,
IMAGINO ELE CHEGANDO, MOLHADO
O RANGIDO NO PORTÃO MAL ILUMINADO...
ABRO OS OLHOS. TUDO IGUAL.
DO MEU AMOR, NEM SINAL!
OLHO O RELÓGIO, A MILÉSIMA VEZ!
ALHEIO À MINHA ANSIEDADE
CONTINUA OS PONTEIROS GIRANDO,
O TEMPO PASSANDO,
PASSO A MÃO NA VIDRAÇA...
IMAGINO UM VULTO,
ELE? NÃO! UM GUARDA QUE PASSA.
UM CACHORRO LATE!
UM PORTÃO BATE!
E O SILÊNCIO VOLTA...
SÓ A CHUVA NÃO PASSA!
SENTO NO SOFÁ,LIGO A TV!
NADA! SÓ UM PROGRAMA SEM GRAÇA!
OLHO O RELÓGIO. TÃO TARDE!
NÃO VEM MAIS!...
VOU PARA MEU QUARTO TRISTE...
ESPERO UM AMOR QUE NÃO EXISTE!
TIRO A ROUPA, COLOCO O PIJAMA...
ESPERO QUEM NÃO ME AMA!
DEITO A CABEÇA NO TRAVESSEIRO ROSA...
UMA LÁGRIMA TEIMOSA...
ESPERA POR ELE, MAIS NÃO!
NUNCA MAIS, VIU, CORAÇÃO?
UM RANGIDO NO PORTÃO!
É ELE! SALTO PARA O CHÃO
ABRO A PORTA NUM SEGUNDO
RECEBO UM BEIJO PROFUNDO
ILUMINOU-SE MEU MUNDO!
Lu Ar
Enviado por Lu Ar em 01/06/2006
Reeditado em 23/10/2009
Código do texto: T167628
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lu Ar
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil
398 textos (27687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:47)
Lu Ar

Site do Escritor