Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PREITO

Ainda que eu corresse
pela a estrada da existência,
não sei se chegaria a tempo
para impedir sua partida.


E ainda que não ouça,
o desejo é clamar
quanto ao esquecer
do que se passou,
deixar tudo para trás,
 reverter o infausto para
as coisas bonitas de um futuro promissor.

Desejo ainda dizer
em altos brados, que
me arrependi de tudo que fiz,
e de não ter depositado aos teus pés
o mundo que prometi.

Não se vá, creio que
não queres ver mais um
perdido nas esquinas do
mal entendido.

Pare, medite, analise
minha proposta,
e não julgue de pronto,
para que não tome uma resolução
com a rapidez da luz
de um relâmpago.

Entendas de uma vez
por todas,
descobri em você
toda a minha paz!








 









































Wil
Enviado por Wil em 02/06/2006
Código do texto: T168161
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2617 textos (84568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:28)
Wil