Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que quero?


Nem sei se quero
da dor ficar curada
desabastecida do amor
e da tristeza desaguada

Talvez eu gostaria
que tu me visses agora
pois de certo saberias
que não é chegada a hora

Preciso de um tempo
que me leve a refletir
e não fique num lamento
pelo teu constante indefinir

Os dias passam ligeiros
e nos remetem ao futuro incerto
por nenhum entrelace descoberto

Se o alimento é apenas desejo
a alma chora a perda de possível amor
não desvelado num lampejo

Assim é chegada a hora
da despedida final
que ela se faça sem demora

Santos/SP
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 02/06/2006
Reeditado em 02/06/2006
Código do texto: T168325
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:55)
Guida Linhares

Site do Escritor