Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA REGISTRAR

Para: Keila Castilho Leitzke de Albuquerque


Pocurei
e não encontrei,
uma caneta.
Busquei
e achei,
um lápis.
Para no branco papel
registrar uma frase
que contivesse a
profundidade,
sublimidade,
ardor,
entrega
do meu ser.
Que te mostrasse
o meu sentimento,
como a natureza
nas estações
e a vida
no raiar d’um ano novo:
se renovando,
florescendo,
embelezando.

Que falasse alto
para todos,
em todo o canto,
todo o segredo
de minh’alma.
Que penetrasse fundo
em teus olhos,
ouvidos,
coração;
Devagarinho,
como o doce mel,
gostoso,
ardente,
te dizendo,
aconchegante:
EU SEI, EU TE AMO.

Muniz de Albuquerque
Enviado por Muniz de Albuquerque em 03/06/2006
Reeditado em 19/05/2009
Código do texto: T168369
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rosival Muniz de Albuquerque www.rosivalmuniz.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Muniz de Albuquerque
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
136 textos (45225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:22)
Muniz de Albuquerque