Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESATINO DE AMOR

Depois que depuseste tuas armas,
Esgotando as conversas de amor,

Sai de mim, sem despedidas
Fui a Shangrila, Passargada
Sei lá, qualquer lugar
Ausente de desventuras

Disse adeus às loucuras cotidianas
Às mentes medianas, aos profetas
Deixei os ascetas em suas covas
Sem versos, sem trovas

Viajei sem corpo, sem alma
Fui só pensamento
Uma energia solta no firmamento
Tentando viver o que não pode

Trafeguei ares e mares
Desertos e serras
As minhas antigas terras
O teu eterno desatino

Não formatei meu destino
Só sei que parti, sem ti
E nem sei quando volto

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 03/06/2006
Reeditado em 03/06/2006
Código do texto: T168618

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916664 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:13)
Denise Severgnini