Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUGAR LONGÍNQUO

Deixei em um lugar longínquo,
meus desejos, meus sonhos,
ali permaneceram minhas esperanças,
eu não sei não, se nesse albergue
também fiquei..

Larguei nesse lugar
que nem o nome sei,
o meu olhar de fé,
e tudo foi devorado com avidez
por um desconhecido lobaz.

E em meio a tanto flagelo,
deixei até a mudez
de meus lábios, afinal,
a quem chamar se o que sempre
me cercou se chama silêncio?

Dois domínios até hoje me acompanham,
estes não consegui enganar,
e nem deixar lá...,
um é a saudade que tenho de você,
e o outro, as lágrimas
que vertem em razão de
te amar tanto...























Wil
Enviado por Wil em 05/06/2006
Código do texto: T169668
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:33)
Wil