Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

balada do amor confuso

te amo tanto
não te amando
que, te amando,
não te quero,

nem te sonho
ao te pensar
sob o frio
ao travesseiro,

e assim sozinho,

te amo tanto
não te amando
que adormeço
nos teus braços.

(24/01/2005)
andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 06/06/2006
Código do texto: T170410
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
292 textos (45571 leituras)
17 áudios (920 audições)
12 e-livros (721 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/03/17 23:36)
andré boniatti