Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENCONTRO



Deixa eu ficar, ao menos um instante,
Roubar-te um olhar, me fingir teu amante,
Falar das inumeráveis conquistas
Que fiz para te convencer
De que meu amor é sincero
E que sem você vivo sem viver.

Deixa eu entregar todos os abraços,
Toda a ternura adormecida em mim,
Te seguir, fiel, todos os teus passos,
Me levando ao encontro do amor
Que existe entre o começo e o fim.

Ah...como pude viver tanto com tão pouco?
Como poderia ter razão se agi como louco?
Andei, andei,
Entre pessoas perguntava o nome,
Sorrisos me confundiam,
Cada rosto noturno me parecia dia,
Amei o impossível
Para ser possível viver
Minha melodia.

Deixa eu poupar à felicidade
Que venha me procurar;
Deixa, amor, que esse instante
Ultrapasse o medo de só ficar.

Preto Moreno

Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 06/06/2006
Código do texto: T170490

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6783 textos (102541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:45)