Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vou te contar um segredo

Vou te contar um segredo:
coração hoje dorme cedo,
indisposto que está para a solidão...
Não se contenta com tuas promessas de amor
nem dorme vazio no leito de meros sonhos juvenis,
deseja muito mais do que teu rosto na página replicado...
Este coração não mais implorará
um surto de tua  atenção...
Ele bate e com isso prende a vida
e, vivendo, seu esconderijo sangüíneo quer mais...
Permitem-se situações reais.
Não que sonhar seja dispensável nem menos belo,
porém, essencial é viver e sorrir ...
Coração quer a tua companhia,
marcar minuto, hora e dia
em que possa ouvir o teu,
exige um momento entre tua existência e este eu.

Vou te contar um segredo:
coração não chora mais de medo,
indisposto que está para a decepção...
Ele vai embora...
Vai voar como ave sem rumo,
escancarar  artérias ao mundo,
esquecer-te pra sempre ele vai...
Coração quer bater na freqüência material,
jorrar turbilhões de sentimentos,
mesmo emergindo sofrer e sangrar,
este monumento que é,
seja  ferido e se regenera, podes tu acreditar...

Vou te contar um segredo:
coração hoje dorme mais cedo
e, quando acordar, não comporá o teu enredo,
será despertado pelo sol...
Sairá por aí sem levar teu rosto replicado,
Esse que da página não se materializará
e restará apenas qual doce lembrança tua em mim.
Se este coração não vive em tua companhia
e a ele não se oportunizou ouvir de perto o teu,
paciência... devemos convir:
nessa vida há muito mais do que tu e eu.
Nalva
Enviado por Nalva em 06/06/2006
Reeditado em 07/06/2006
Código do texto: T170753

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nalva
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 49 anos
102 textos (15399 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:25)
Nalva