Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seção de Direitos




Seção de Direitos

Concedo-te o direito de me acordar em todas as auroras
com a rosa do teu riso esplendorando
e a última estrela ainda nos olhos...
Declino do sono das manhãs para explorar contigo
a ilha do arrebol
náufragos do amor sobrevivente,
envoltos nas velas dos lençóis...

Concedo-te o direito, sem limites,
de todas as loucuras concebíveis
na ânsia de invadir o céu a beijos...
Que sempre prevaleça o teu momento
em cada hora frágil conquistada
em toda convulsão de primavera.

Permito-te o direitoirrevogável
de me olhar de olhos fechados
quando eu diga, em tua boca,
os versos que não fiz,
levitando nos teus braços
para ser anjo contigo
neste instante em que me encante
Pra viver dentro de ti.

Concedo-te o direito de escolher
entre todos os trajetos
o que nos leve de mãos dadas...
Um atalho iluminado
onde o sol excite o trigo
e em cada quarto de lua
o amor seja plantado.

Concedo-te o direito de ser livre
para decidir sobre todos os direitos
até de andar despida entre rosas e unicórnios.
Consinto, mesmo, o direito que não tenho,
o de um dia te evadires da torre que te prende...
Pra exercer o teu domínio
incontestável
 sobre mim.



Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 08/06/2006
Código do texto: T171440

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:34)
Vaine Darde