Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU PRESENTE!

Na ânsia de te querer
Esqueci de me amar!
No medo de te perder
Esqueci onde me encontrar!

E passei cabisbaixa pelo mundo...
Vivi meus dias em poço fundo.
Nada mais possuía brilho ou colorido...
Viver passou a ser um martírio!

Mas o tempo, impiedoso, não pára!
E meu corpo perdeu as suas marcas...
Meu coração, mesmo sem querer, cicatrizara!

Teimosa que sou, continuei na espera
Só que meu corpo, agora, buscava festa!
Desesperada eu tentava chorar você...
Só encontrava uma mulher a renascer!

Hoje, por mais que eu tente...
Por mais espera que eu seja,
A vida me faz seguir a correnteza
E eu não lhe tenho mais prazer!

O tempo de espera me fez ferida...
Hoje me devolve novamente a vida...
Não preciso mais me procurar
Agora eu aprendi a me amar!


Santo André, 10.11.05 – 0:45 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 08/06/2006
Código do texto: T171682

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89717 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:26)
Enloucrescida