Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A arte de viver


 
 
Aqui, outra vez na vida que surge plena, constante, serena,
ser criança que busca o novo conhecer,
cantar os sonhos, viver os contos, sonhar de novo,
vestir meu corpo das loucuras do prazer,
ser a dona do jogo nesse imenso tabuleiro de xadrez.
 
 
Não sei por onde e nem ao menos o porquê,
não sei o que sou e nem o que deveria saber,
se sei o que sinto ou o que me faz viva outra vez
é sentimento intuitivo que me leva ao novo
onde sou eu sem nem ao menos pensar em ser.
 
 
Saio pelas curvas nas longas retas da vida,
tenho nas mãos as sementes que em flor germinarão um dia,
vejo então o amanhã surgindo nobre nas auroras que tingem meus céus,
renasço, saio do casulo onde de mim mesma fugia,
abraço o sol no calor do meu corpo que reluz em vestes de sabedoria.
 
 
Nesse imenso teatro, o espetáculo estréia vida em cada amanhecer,
nos personagens, lúdicos, loucos, descompassados, alucinados,
somos todos esperados por platéia nunca vista,
mas que guarda seus aplausos para todos os artistas
que fazem da vida, o show que a vida deve ser.
 
 
12/05/2006

Aisha
Enviado por Aisha em 08/06/2006
Código do texto: T171786
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35175 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:31)
Aisha