Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só Queria Entender

Por mais que fosse doce ou que não fosse o beijo teu
Por tudo que vivi porque entendi que era meu
E pela ineficácia em querer reconhecer
Que nunca consegui te entender

Por toda a desventura dos caminhos que trilhei
E pelo fim da estrada que sozinho alcancei
Ou pela namorada que jamais eu pude ter
Por não ter conseguido te entender

Por muitas flores rosas, amarelas, furta-cor
Que enchiam todas elas nossa cama de amor
Naqueles fins de tarde em que eu pensava acontecer
A chance de poder te entender

No meio da fragrância dos cabelos que cheirei
A minha inoperância nesses lábios que, bem sei,
Tão doces me impediram bem na hora de dizer
Que estava conseguindo te entender

Descer de braços dados pela grama do jardim
Correr atrás da chuva que corria atrás de mim
Sorrisos abafados na certeza de eu ter
Achado que podia te entender

Sozinho em meu quarto numa noite de verão
Olhando para cima, vejo que a televisão
Me ilude ao me mostrar teu lindo rosto a escarnecer
Da minha pretensão de te entender

Conciliar o sono, carneirinhos de algodão,
Seria bem mais fácil se eu tivesse a tua mão,
Teu rosto e o teu corpo – tinham eles o poder
De achar que eu podia te entender

Voltar da padaria, pão de queijo, requeijão
Morrendo de alegria de te ver que ainda não
Erguera-te da cama só pra que eu pudesse ter
Mais uma chance de te entender

Mas hoje, Blumenau, Havana, copo de açaí
Nas praias de Belém me esqueço que te possui
E muito mais que isso, me esqueci até de ser
O cara que já quis te entender.


Rio, 30/03/2005
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 09/06/2006
Reeditado em 02/10/2006
Código do texto: T172130

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144499 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:43)