Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0719 - Eu amo




Caminho com os olhos pregados no chão,
a fome ronda meu peito dolorido,
é quando começo a lembrar dela,
a saudade não faz pensar em outras no mundo.


Pareço louco e aceito ser o seu louco,
mesmo que um dia ou outro não venha,
que esqueça meus carinhos,
estarei presente, vai estar aqui comigo.


Não sei quando posso chorar ou se devo chorar,
pessoas apaixonadas não sentem vergonha,
as lágrimas são quentes como carinho,
as lembranças, o motivo para continuar.


Caminho, sigo sem parar meus pensamentos,
tenho-te inteira logo depois da esquina,
são apenas sonhos, são urgentes, como as paixões,
mesmo que não a encontre nunca mais, eu amo.


09/06/2006


Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 09/06/2006
Código do texto: T172286
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116244 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:31)
Caio Lucas