Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às voltas com Quintana


 
 
Vai poeta, voa nos versos recitados em prosa,
voa pássaro na paz que tinge meu céu de azul,
ao ver as tranças que seu mundo serpenteia
canta o menino na teia que tece seu destino
desenhando a dança no corpo criança de Thereza.
 
 
Conta dos sapos coloridos que enfeitam seu jardim
ou do cágado que dorme no seu poço sem fim,
fala-me da flor que enfeita o chapéu,
das lembranças que marcam no todo seu sim,
do cheiro dos anjos que enfeitam seu céu.
 
 
Canta poeta as brincadeiras de Lili,
das caretas e folias das crianças que não conheci,
lembra do amigo que se foi sem avisar,
das comidas preferidas, a mesa, a família
e da verdade do rio que sempre é outro rio a passar.
 
 
Conta-me da janela que abrigou seus sapatos,
dos céus que viram no descanso que lhes deu,
cante a canção que nunca foi escrita
a noite alta ou os ventos da tarde de verão,
voa poeta, nesse mundo de sonhos que sempre será seu.
 
 
14/05/2006

Aisha
Enviado por Aisha em 09/06/2006
Código do texto: T172294
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:26)
Aisha