Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras

Palavras
Já era tarde
Noite alta
Ouço alguém me chamar
Meu coração dispara
Será que ele ou apenas ilusão
Corro e lá está ele me esperando
Fico olhando por instantes sem nem acreditar
Ele veio, fico assim meio tonta
Esperando ele falar
Ficamos horas nos olhando
Sem ao menos nos ver
Mas podia sentir o olhar dele em mim
Palavras de carinho e ternura
Trocadas no silêncio da noite
Perdemos a noção do tempo
Fico ouvindo as palavras
Como se estivesse gravando
Sinto meu rosto molhado
Disfarço para que não perceba
Como pode fazer diferença
Na minha vida sem ao menos notar
Madrugada acabou
O dia amanheceu e continuávamos ali
Só dando e recebendo carinho
De amor não se falou
Ou se falamos foi quase sem querer
Podia estender a mão e tocá-lo
Mas estava paralisada só ouvindo palavras
Doces e ternas
Uma hora ele teve que ir
Eu fiquei de novo sozinha
Não, fiquei com as palavras
Gravadas no fundo do meu coração
Ele é meu amigo das horas
Certas e incertas
Mas amizade não é um tipo de amor?
É, e nem tudo está perdido
Vou esperar que me chame de novo
E dessa vez eu vou falar
Vou dar a ele o carinho que me deu
Quero que ele ouça com atenção
E grave as palavras também no coração
Serão palavras de amor
Porque é isso o que sinto
E ele vai entender
Que melhor falar agora
Do que se arrepender por não ter
Se arriscando a dizer
Um simples Eu te Amo!

Mônica Moreira
19/04/2006
LoucaporPoesia
LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 09/06/2006
Reeditado em 03/03/2007
Código do texto: T172606

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:47)
LoucaporPoesia