Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


A BORBOLETA DO CASTELO
Guida Linhares

Construi meu castelo de sonhos
com devaneios jogados ao léu
cravejados de rubis tristonhos
avermelhados lançados ao céu

E ficava a fitar tantas nuvens
percebia em todas o teu rosto
entre matizes sentia vertigens
no medo de vir a ter desgosto

Assim afastei em desencanto
qualquer chance de encontro
preferi chorar meu cedo pranto
do que esperar um confronto

E nas horas tristes da noite
em que adentrava no castelo
tua lembrança era um açoite
aplanada a ânsia no rastelo

Paredes dialogavam tristezas
lágrimas de ilusão recolhida
rosas desabrochadas em beleza
não mais ostentavam a vida

Assim nosso castelo de sonhos
ruiu antes dos alicerces sólidos
sustentarem diálogos risonhos
transformado o amor em bólidos

Agora enfrento os dias sózinha
à procura da borboleta perdida
Do amor vivenciado retrata
a sobra da paixão adormecida

Santos/SP/Brasil
08/06/06

ਏਓ♥♥══♥ਏਓ
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 09/06/2006
Reeditado em 13/05/2010
Código do texto: T172607
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:47)
Guida Linhares

Site do Escritor