Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando te Dás ao Mar

Quando tu entras na água,
com tanto esplendor despido,
a maré se ameniza...
desliza no teu corpo,
te veste de esmeraldas.

O mar beija-te:
Os seios,
as nádegas,
a genitália em flor.
Sobe por tuas pernas
e te acaricia...
Lambe com líquida língua verde
a vulva solar esplendorosa.

Quando te dás ao mar,
de tanto amar,
o mar se maravilha.


Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 10/06/2006
Código do texto: T172879

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:07)
Vaine Darde