Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falando de amor

Vou falar de amor
Do amor que do nada nos toma e nos faz loucos
Aquele que tem cheiro, cor  e sabor
Amor que é quente e saliente
Que tira o juízo da gente
Abala os sentidos
Amor que não pede passagem
Chega sem aviso
E se apodera de nós
Incendiando o corpo e alma
Aquele nos faz rir feito bobos
E achar tudo lindo e maravilhoso 
Mas também nos faz chorar como uma criança mimada
E por capricho traz com ele o ciumes que nos faz brigar
Amor que não tem lógica nem nexo
Mas que une o concavo ao convexo
E nessa união explode a emoção
Ah! Esse vírus louco que nos faz delirar
Que faz o sangue nas veias pulsar
Que nos torna insanos e pervertidos
Por ele até guerreamos
Amor, Amor, Amor...
Que delicia que tu és
Tu temperas a vida
Tu és a vida
Sem ti nada faz sentido
Quem nunca te sentiu não está vivo
Tu amor é quem moves o mundo
Sem ti nada somos
Nada sabemos
Sem ti a vida não se faz!

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa sou apenas alguém que sente!

***

Beijos
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 10/06/2006
Reeditado em 10/06/2006
Código do texto: T172952

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146151 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:30)
Dama De Negro