Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOIS SENTIMENTOS

PAIXÃO PREDATÓRIA
não se emenda nem se culpa
paixão apaixonada e pré-histórica
surpreendendo cada manhã;
no imprevisto do gosto e do perfume
da maçã
apenas memórias
como se o mundo fosse agora,
descoberto.
Primeira luz da manhã,
Chave do fogo do fim da noite
incontrolavelmente bem iluminada...
O que mais posso escrever sobre minha paixão?
certezas do amor de verão
ou pensamentos soltos no inverno?
Ah! Precisarei de um gole a mais
na dinâmica alcoólica
da força do sangue que viaja
pelas veias do seu corpo.

Vinho tinto francês...
Cada palavra traz o fogo e o cálice
apropriado.
Cada desabrochar do amor
brilho de quasars,
canto dos Guarás,
simplesmente... amor!

O amor é leve como bolhas de sabão
sorri aos ventos
e envolve-se na dourada placenta.
ama agora
ama sempre
ama eternamente.

Dois sentimentos claros:
um que se guia
e
é o verdadeiro guia da razão.
Outro que é inseguro e incerto
e alimenta a certeza da paixão.
Dois sentimentos que se fundem
duas lágrimas
exudadas... escondidas!
Dois sentimentos que iluminam,
fundem-se nas labaredas dos planetas.

Dois pensamentos,
mesclam-se em
contrações atômicas
num infinito vazio.

Uma só canção,
cantou Deus ao mundo!

A canção do tempo.

A poesia do espaço.

Que dança ao som do estardalhaço
que faço
com o nosso explosivo amor!


avienlyw
( 11.06.2006)
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 11/06/2006
Reeditado em 27/07/2006
Código do texto: T173751
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:00)
WILDON LOPES

Site do Escritor