Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VEJO ESTA VIDA COMO UM RIO (Argemiro Pertence)

 
VEJO ESTA VIDA COMO UM RIO
NELA ÉS NASCENTE DONDE BROTA
O SONHO, A PAZ, O ANDAR BALDIO,
ESTE AMOR OU MESMO A DERROTA...
 
VEJO ESTA VIDA COMO UM RIO.
AQUI ÉS A CANOA DE UMA FROTA,
NAU MATRIZ, RAIZ DESTE DESVARIO,
VALHACOUTO QUE NÃO ME ADOTA...
 
VEJO ESTA VIDA COMO UM RIO.
NELA ÉS MARGEM QUE ME EXPLOTA
FIXANDO MEU CAMINHO VAZIO
QUE SÓ TEM RUMO EM TUA ROTA...
 
POR SER ESTA VIDA MESMO UM RIO,
NELE ÉS MAR ONDE SE ESGOTA
MAR TURVO E AZUL, MAR BRAVIO,
MAR EM QUE MORRO E NINGUÉM NOTA...
 
 
A. PERTENCE.

(Argemiro Pertence é poetamigo de grande sensibilidade e eloqüência.Dedico este espaço à poesia dele e aos colegas de Recanto ,para sua apreciação.)
Zully Oney Teijeiro Pontet
Enviado por Zully Oney Teijeiro Pontet em 11/06/2006
Reeditado em 12/06/2006
Código do texto: T173813
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zully Oney Teijeiro Pontet
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
219 textos (13424 leituras)
1 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:32)
Zully Oney Teijeiro Pontet