Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desatino

Nesta estrada,
Fiz uma longa caminhada,
Nos espinhos me arranhei,
Sangrando me arrastei....

Nos rostos te buscava,
Somente decepção encontrava,
Persistente, eu seguia,
Eu sabia, te encontraria...

Meu coração já te sentia,
Pois há muito te pertencia,
Minha pele exala o desejo,
Pelo toque que tanto almejo...

Hoje por obra do destino,
Vivo este doce desatino,
Esta insana euforia,
Por ter amar a cada dia.

Ps: ao meu sonho que se torna real a cada dia, mais e mais
Rofan
Enviado por Rofan em 12/06/2006
Código do texto: T173843
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rofan
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
84 textos (4610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:40)
Rofan